Seriemaníacos: o que entra no Netflix este mês!

Olá, Netflix maníacos!

Sexta-feira é dia de Dica da Bia e a gente adora ficar em casa, no sofá, com cobertor, naquele friozinho, assistindo Netflix, né? Mas você não sabe o que assistir nessa plataforma-maravilhosa-salvador- de-fins-de-semana-da-preguiça? Então dá só em uma olhada em algumas estréias do mês de Junho.

Começando por séries: estreou no dia 9 de Junho a 5ª temporada da divertida Orange is the New Black . Essa série se desenvolve através da personagem Piper Chapman que é condenada a cumprir 15 meses de prisão pela participação no transporte de uma mala de dinheiro proveniente de tráfico de drogas. Consumida por um universo laranja totalmente distinto do seu (classe média), ela encontra tensão e companheirismo no grupo de detentas desbocadas.

Orphan Black também volta para sua 5ª e última temporada. Para finalizar todos os mistérios dessa série eletrizante. Tudo começa quando Sarah testemunha o suicídio de uma desconhecida e decide assumir a identidade dela, já que se parece exatamente igual a falecida. Sarah precisa se adaptar à nova vida, mas acaba descobrindo uma enorme conspiração e logo entra em uma trama que pode colocar sua vida em risco.

S.O.S. Mulheres ao Mar é um filme nacional super engraçado com Giovanna Antonelli e Reynaldo Gianecchini. A personagem principal, Adriana, não anda em uma fase boa profissionalmente e para completar, seu marido pede divórcio. Ela descobre que ele vai embarcar em um cruzeiro com uma nova namorada. Sua irmã a incentiva a embarcarem no mesmo cruzeiro para tentar reconquistá-lo a todo custo.

Para as crianças, Toy Story 3 finalmente entrou na programação. Andy cresceu e vai para faculdade. Logo ele doa seus brinquedos a uma creche. As crianças não têm o menor cuidado com Woody e seus amigos e por isso eles planejam uma grande fuga.

Qual outra estréia desse mês você recomenda?

Beijinhos

Bia Contursi

Resenha: Jane The Virgin

Olá viciados em séries,

O Dia das Mães é comemorado nesse domingo e queria indicar uma série muito divertida para as mamães e (não-mamães também!) de plantão. Afinal, é possível cuidar dos filhos e ser divertir um pouquinho também, não é mesmo? Eu vou falar sobre Jane The Virgin. Gente, essa série é muito engraçada!

A história é baseada em uma novela venezuelana chamada Juana La Virgen  e  brinca muito com os exageros e dramas característicos das novelas latinas. Pois bem, a história é sobre a Jane, uma jovem virgem que é acidentalmente inseminada artificialmente pela irmã do seu chefe e antigo crush Rafael. Loucura né, mas não acaba ai: Jane é noiva do Michael e filha de uma mãe solteira e super ativa Xiomara. Elas vivem com a avó, que é muito religiosa e incentiva Jane a continuar virgem até se casar para não ter uma gravidez na adolescência, como a sua mãe.

Ufa, já cansou? A história não para por naipe, não! Ela mistura amor, suspense, aventura, drama, comédia, mistério policial… e tudo é narrado como se fosse contado por um livro. Os atores são sensacionais em toda essa mistura de gêneros e você fica instigado a ver o próximo e o próximo episódio. Lembra que falei sobre as brincadeiras e reverências aos exageros das novelas latinas? Pois esses são os grandes efeitos UAU na série, além das risadas, é claro.

Para quem ficou curioso, ela está disponível no Netflix!

Com certeza você vai gostar, se você já assiste deixe comentário aqui embaixo. Sabe outra série legal para indicar para as mães de plantão? Sugere nos comentários porque esta semana semana é delas!

Beijinhos

Bia Contursi

Shadowhunters 2 ª temporada – Resenha da série

Foto do site https://observatoriodocinema.bol.uol.com.br

Olá Shadowhunters maníacos!

A primeira parte da segunda temporada de Shadowhunters, essa incrível série, acabou e estou aqui para fazer comenta-la. A primeira parte já foi bem mais movimentada, repleta de ação, sentimentos conturbados e surpresas. Eu ainda não li os livros nos quais a série se baseia,porém tento acompanhar as mudanças seguindo os comentários online. Através desses comentários, percebi que houveram grandes mudanças que podem afetar a história por completo. E acredito que certas mudanças possam causar revolta nos fãs, porém, vindo de uma pessoa que não leu, a história me parece bastante coerente.

Adorei a ênfase nos conflitos psicológicos. Esse quesito amadurece roteiro que, em contrapartida, perde o lado “teen” que acredito ser a essência da série. Os personagens (e suas imperfeições) fazem uma boa conexão entre si e dão ao público aquela maldita incerteza que nos faz ficar acordados até mais tarde na expectativa do próximo episódio.

Infelizmente, a atuação da maioria continua a desejar. Mas alguns deles já melhoraram e acredito (espero!) que, conforme eles vão acostumando com seus personagens, as coisas vão melhorar. Os efeitos especiais me agradam. Não tenho o que reclamar.

Queria dar destaque a um aspecto que, pra mim, tem muito valor:  A série ouve muito seus fãs e faz o possível para satisfaze-los. São poucas as séries que levam isso a sério e, conforme se desenvolvem, os fãs podem ver as mudanças acontecerem.

E vocês? Estão ansiosos? Me contem o que acharam dessa primeira parte da 2 ª temporada nos comentários. Não esqueçam de mandar que séries gostariam de ler reviews!

 

Beijinhos

Bia Contursi