Resenha: Jane The Virgin

Olá viciados em séries,

O Dia das Mães é comemorado nesse domingo e queria indicar uma série muito divertida para as mamães e (não-mamães também!) de plantão. Afinal, é possível cuidar dos filhos e ser divertir um pouquinho também, não é mesmo? Eu vou falar sobre Jane The Virgin. Gente, essa série é muito engraçada!

A história é baseada em uma novela venezuelana chamada Juana La Virgen  e  brinca muito com os exageros e dramas característicos das novelas latinas. Pois bem, a história é sobre a Jane, uma jovem virgem que é acidentalmente inseminada artificialmente pela irmã do seu chefe e antigo crush Rafael. Loucura né, mas não acaba ai: Jane é noiva do Michael e filha de uma mãe solteira e super ativa Xiomara. Elas vivem com a avó, que é muito religiosa e incentiva Jane a continuar virgem até se casar para não ter uma gravidez na adolescência, como a sua mãe.

Ufa, já cansou? A história não para por naipe, não! Ela mistura amor, suspense, aventura, drama, comédia, mistério policial… e tudo é narrado como se fosse contado por um livro. Os atores são sensacionais em toda essa mistura de gêneros e você fica instigado a ver o próximo e o próximo episódio. Lembra que falei sobre as brincadeiras e reverências aos exageros das novelas latinas? Pois esses são os grandes efeitos UAU na série, além das risadas, é claro.

Para quem ficou curioso, ela está disponível no Netflix!

Com certeza você vai gostar, se você já assiste deixe comentário aqui embaixo. Sabe outra série legal para indicar para as mães de plantão? Sugere nos comentários porque esta semana semana é delas!

Beijinhos

Bia Contursi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *