Dicas para passar na Imigração

Olá viajantes,

Muitos viajantes de primeira viagem têm medo de passar pela Imigração de outros países. Ouvem histórias assustadoras sobre pessoas que possuíam Visto, mas não conseguiram entrar no país ou que foram enviadas para a revista na tenebrosa ‘salinha’.

A Polícia Federal de cada país trabalha de uma forma específica, mas existem perguntas básicas e freqüentes que quase sempre serão feitas. Com isso, você pode já preparar a documentação que ajudará a respondê-las, principalmente se não fala o idioma local.

A primeira pergunta que costuma ser feita é se vai a viagem é a trabalho ou a lazer. Isso é importante pois se for a trabalho, muitas vezes, você precisa ter um visto específico que permita trabalhar no local, temporariamente ou permanentemente. Mesma coisa serve para os estudos: é necessário ter um visto de estudante em alguns casos. Então sua resposta tem que ser coerente ao visto do seu passaporte.

A segunda pergunta sobre o tempo de permanência no país. O jeito mais fácil de ter sua entrada liberar é já apresentando a passagem de volta comprada. Com isso, você sabe exatamente quantos dias ficará no país. Poderá entregar a passagem ao policial se não souber falar o idioma ou se ele pedir.

Já a terceira pergunta que costuma ser feita é sobre o quanto de dinheiro está levando para sua estadia no local. Se você portar mais de R$ 10 mil reais por pessoa em espécie é necessário, por lei, declarar esse valor à Receita Federal. Por isso, essa pergunta é freqüentemente feita na Imigração.

A última pergunta comum nesse processo é onde você vai ficar no país. Por isso, é sempre bom ter o voucher,  ou comprovante de reserva do hotel, com em mão. Esse endereço, ou nome de quem vai recebê-lo, deve ser colocado no formulário de imigração e muitas vezes não fazem essa pergunta por já ter a resposta. Mas não se assuste se acontecer.

Essas são as perguntas que tem mais possibilidade de você ter que responder quando entrar em qualquer país. O policial tem direito de  perguntar muito mais e, sim, de enviar para se revistado na ‘salinha’ se achar necessário. Não se assuste, vá com calma e seja prestativo. Normalmente, os policiais estão  acostumados a lidar com pessoas que não falam seu idioma.

Tem alguma dúvida? Me deixe um comentário.

Beijinhos e boa viagem

Bia Contursi

As melhores festas juninas do Brasil

https://abrilviagemeturismo.files.wordpress.com

Olá caipiras!

Junho chegou e esse mês começa a maratona de Festas Juninas por todo o Brasil. Festa animada, cheia de delícias é com certeza uma das mais populares no país. Mas você sabe da onde surgiu essa comemoração?

Essas celebrações começaram há centenas de anos, na Antiga Europa, pelos celtas, egípcios e outros que comemoravam o inicio d o período de colheita. Com o crescimento da Igreja Católica, e pelo fato da data coincidir com o nascimento de João Batista, as festas se tornaram também homenagens aos três santos do mês de Junho (Santo Antonio, São João e São Pedro). Os primeiros países a comemorar foram Portugal, Espanha, Itália e França.

Os portugueses foram os responsáveis por trazer a festa para o Brasil, durante o período colonial. Os índios faziam rituais para celebrar a agricultura no mês de Junho. Com as chegadas dos jesuítas, as festas se uniram e à cultura local, principalmente, no que diz respeito à culinária com o uso de alimentos nativos, como milho e mandioca.

Nessa época, outros países também tinham grandes influência por aqui, como França, China e Espanha, e isso afetou as festas. Os franceses trouxeram a dança com passos marcados; os espanhóis e portugueses, a dança com fitas; e os chineses, os fogos de artifício.

Hoje em dia, as duas maiores festas juninas do Brasil se concentram no Nordeste. Campina Grande, na Paraíba, e Caruaru, em Pernambuco, encabeçam essa disputa e, com certeza, são festas que você deve conhecer uma vez na vida.

Caruaru esse ano terá festa de 3 a 27 de Junho com música para todos os gostos: inclusive, o DJ Alok vai tocar no dia 24/06. Campina Grande, por sua vez, é famosa por fazer um mês completo de Festa. Este ano, ela  começa suas atividades dia 2 de junho e vai até 2 de Julho.

Uma Festa Junina que vai bombar esse ano também, cheia de influenciadores digitais e famosos,  é o Arraia da Thaynara OG, no Maranhão. Esse evento de arrasar vai acontecer dia 28 de Junho e você pode comprar ingressos para ver Preta Gil, Bruninho e Davi, Nah Cardoso, Boca Rosa, Evelyn Regly, Fabi Santina entre outros. Ingresso custa R$ 80  ou R$40 meia entrada. E a renda será revertida para uma instituição de caridade. Para maiores informações saojoaodathay@gekos.com.br e por @saojoaodathay.

Qual Arraiá você vai esse ano?

Beijos, Bia Contursi